A VIOLÊNCIA ENTRE ADOLESCENTES

A adolescência emerge como uma fase crítica

Quando se trata de eventos associados à violência, é comum observar a presença de adolescentes, quer como vítimas ou agressores. O comportamento dos jovens é moldado significativamente pelos ambientes familiar, social e escolar, tornando crucial o reconhecimento dos fatores de risco para evitar problemas relacionados à violência.
COMO ANDA A EDUCAÇÃO DOS SEUS FILHOS,AQUI

A adolescência emerge como uma fase crítica, onde os perigos do comportamento violento juvenil se destacam. Nesse contexto, mães desempenham um papel vital ao implementar estratégias para mitigar a violência entre adolescentes, considerando as complexidades associadas a essa etapa do desenvolvimento.

O comportamento violento, prejudicial em qualquer estágio da vida, apresenta desafios adicionais na adolescência. Nesse período, os jovens estão na fase de formação do caráter, ainda não plenamente conscientes dos perigos que os cercam.
SEUS FILHOS OU FILHO É/SÃO AGRESSIVOS? VEJA AQUI

Causas da Violência na Adolescência Diversos fatores de risco podem contribuir para a violência juvenil, muitos dos quais podem estar além do controle parental.

No âmbito familiar, exposição precoce a comportamentos violentos dos pais, punições severas e falta de afeto podem desencadear problemas. Da mesma forma, a desestruturação familiar é um fator que contribui para essas adversidades.

No contexto escolar, o bullying entre colegas, o absenteísmo escolar e comportamentos agressivos ou excessivamente introvertidos são causas destacadas que estimulam a violência entre os adolescentes.
O PRIMEIRO DIA DA TERAPIA,AQUI

Identificando um Jovem Violento Um adolescente é considerado violento se persiste em assédio a seus pares, participou de atividades criminosas antes dos 14 anos, consome substâncias como álcool ou drogas, ou necessitou de ajuda profissional para lidar com problemas emocionais ou mentais.

Estratégias para Prevenir a Violência entre Adolescentes Embora seja desafiador evitar a violência nessa fase em que os jovens buscam independência, algumas estratégias podem ser empregadas:
Veja também: MUDAR COM O DESCONTENTAMENTO

  1. Atenção Atenta: Observe qualquer indício de comportamento violento desde a infância e tome medidas preventivas adequadas.
  2. Expressão de Amor: Demonstre afeto para criar um ambiente onde o adolescente se sinta amado e seguro, reduzindo a propensão a comportamentos violentos.
    GESTÃO DE EMOÇÕES,AQUI
  3. Envolvimento Emocional: Encoraje o desenvolvimento emocional, explicando não apenas o que está errado, mas também promovendo empatia para reduzir atitudes violentas.
  4. Supervisão Responsável: Monitorize as atividades e relacionamentos dos adolescentes para garantir saúde e segurança.

Os pais podem desempenhar um papel ativo na promoção de um ambiente saudável e na prevenção da violência entre adolescentes, contribuindo para um desenvolvimento positivo e relações interpessoais equilibradas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *