Como se libertar do ressentimento

Alguém o trata com desrespeito e você fica ressentido.

Alguém o trata com desrespeito e você fica ressentido. Essa reação inicial é comum e boa porque você sabe que é uma pessoa que merece respeito. No entanto, se o ressentimento inicial durar indefinidamente, ele poderá eventualmente destruir sua felicidade e auto-estima . Isso o deixará infeliz. Livrar-se do ressentimento é saudável.

CRISE CONJUGAL,AQUI

Às vezes, nos apegamos ao ressentimento inconsciente de décadas atrás. Esses ressentimentos podem fazer parte da nossa mentalidade atual, moldando quem pensamos que somos e afetando o nosso nível de bem-estar.
COMO SALVAR MEU CASAMENTO,AQUI

Aqui está um exercício para avaliar e remover o ressentimento.

  1. Diagnosticar pessoas e incidentes que foram prejudiciais.
  2. Avalie seu nível atual de ressentimento.
  3. Tome medidas para se livrar desses ressentimentos, usando uma “paisagem do perdão”.

Esta paisagem refere-se às pessoas que o trataram seriamente e injustamente. Quando as pessoas constroem esta paisagem pela primeira vez, ficam muitas vezes surpreendidas com o número de pessoas na lista, bem como com a profundidade da raiva remanescente, mesmo de décadas atrás.

RISCOS DA SOLIDÃO PARA A SAÚDE,AQUI

Quando somos tratados com profunda injustiça, nossa raiva demora a se dissipar. Às vezes deixamos essa raiva de lado e pensamos que seguimos em frente ou a esquecemos. No entanto, a raiva pode estar escondida no fundo do coração, e a única maneira de se livrar dela é através do perdão.

ABRAÇANDO SUAS MUDANÇAS,AQUI

Examine o cenário do seu perdão e veja quantas pessoas em sua vida ainda precisam do seu perdão. Pergunte a si mesmo esses conjuntos de perguntas.

O primeiro conjunto: Pense na sua infância . Houve alguém que foi muito injusto com você? Em caso afirmativo, qual é o seu nível de raiva agora numa escala de 1 a 5 – sendo 1 significando nenhuma raiva restante e 5 significando muita raiva?

Dependência Emocional – Vencendo a insegurança e o ciúmes,AQUI

Mais especificamente da sua infância, há algum incidente com seus pais que ainda te deixa irritado? Pense em outros membros da família, colegas ou professores. A sua raiva ainda está alta quando você se lembra dos incidentes?

O segundo conjunto de perguntas: Concentre-se na sua adolescência . Seguindo o padrão do primeiro conjunto de perguntas, adicione treinadores, empregadores, colegas de trabalho e parceiros românticos à lista. Alguma dessas pessoas ainda deixa você com raiva o suficiente para avaliá-la com 4 ou 5 pontos?

O terceiro conjunto de perguntas: Quem na sua vida adulta deixou você significativamente irritado, na faixa de 4 ou 5 pontos? Adicione parceiros, filhos, parentes, amigos e vizinhos à lista.

COMO ANDA O SEU SONO?AQUI

Classifique-os em ordem, desde as pessoas que menos o ofenderam até aquelas que mais o ofenderam. Veja esta lista para ver o cenário do seu perdão. Aí está o seu trabalho, nesta lista. Comece com pessoas na posição inferior em sua ordem de classificação.

 Perdoe-os primeiro; você sente menos raiva deles, então é provável que sejam mais fáceis de perdoar. À medida que você avança na lista, sua experiência em perdão se aprimorará; esta é uma boa preparação para perdoar as pessoas mais desafiadoras, aquelas que estão no topo da lista. Liberte-se.
DIVÓRCIO,VEJA AQUI

Robert Enright, Ph.D. , professor da Universidade de Wisconsin-Madison, é autor de muitos livros, incluindo Perdão é uma escolha.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *