PERIGO DE NÃO TER LIMITES EMOCIONAIS

Assumir as emoções negativas de outra pessoa

Quando se abre mão dos limites emocionais, há um risco significativo de assumir a responsabilidade pelos sentimentos negativos do parceiro, ou até mesmo de absorver as próprias emoções de maneira prejudicial.

É fundamental reconhecer que não é necessário adotar o mesmo estado de espírito do parceiro em situações desafiadoras. Permitir que o parceiro sinta e expresse suas emoções, sem que isso signifique internalizá-las. Esse discernimento é o que constitui um limite emocional saudável.

ANSIEDADE E MATERNIDADE
https://www.janiopsicanalista.com/ebookmaternidade

Assumir as emoções negativas de outra pessoa pode levar a respostas emocionais desnecessárias, como irritação ou tristeza, resultando em um distanciamento das próprias emoções genuínas.

A capacidade de apoiar e compreender os sentimentos do parceiro sem se deixar afetar diretamente é crucial para manter uma conexão saudável.

VEJA TAMBÉM AGORA: SEUS FILHOS LHE OBEDECEM? “LIMITES SEM CULPA”

Os limites emocionais também desempenham um papel crucial na definição do espaço individual dentro do relacionamento. Sem eles, casais correm o risco de desenvolver comportamentos inadequados, como enredamento emocional, codependência, esgotamento emocional e até mesmo aumento de conflitos e ressentimentos.

Embora o sacrifício ocasional em prol do relacionamento possa parecer benéfico a curto prazo, a longo prazo, essa falta de limites não é sustentável e pode prejudicar a relação.

Além disso, a ausência de limites emocionais pode resultar em um investimento excessivo de tempo e energia no relacionamento, ultrapassando os limites desejados.

PAIS E FILHOS: CONFLITOS,AQUI

É essencial estabelecer e manter limites emocionais saudáveis para garantir o equilíbrio entre apoiar o parceiro e preservar a própria integridade emocional.

Em última análise, a conscientização e a prática de limites emocionais fortalecem os relacionamentos, proporcionando um alicerce sólido para o crescimento mútuo e a felicidade a longo prazo.

Por que é difícil para mim criar limites? 

SESSÃO DE TERAPIA ONLINE,AQUI

Em alguns casos, uma pessoa não cria limites emocionais simplesmente porque não identificou que precisa deles. Se você está acostumado a assumir as emoções das pessoas ao seu redor ou a sacrificar seu bem-estar pelo bem dos outros, pode ser difícil perceber a importância dos limites.

Você pode desenvolver a necessidade de “consertar” tudo o que está incomodando seu parceiro, o que pode resultar no comprometimento do seu bem-estar e na ignorância de sinais para criar limites.
VEJA TAMBÉM:FAZENDO UMA PAUSA NA RELAÇÃO

A que deve ter limites emocionais, isso não significa que sejam fáceis de criar. Pode ser um desafio quebrar padrões de comportamento prejudiciais que podem advir do apoio ao seu parceiro, apesar do impacto que isso tem sobre você.

Questões como o medo do abandono, estilos de apego inseguros e baixa autoestima podem criar obstáculos adicionais. 

A luta para criar limites emocionais também pode surgir do medo de perturbar o seu parceiro. O medo do julgamento ou da rejeição pode dificultar a expressão de suas necessidades,embora um relacionamento saudável possa lidar com limites emocionais, ainda pode parecer um risco trazer à tona a conversa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *