Burnout não tem tanto a ver com as especificidades do seu trabalho.

Burnout não tem tanto a ver com as especificidades do seu trabalho. É uma combinação dos fatores que criam estresse no local de trabalho e das escolhas que fazemos (e não fazemos). 

Estar ciente dos factores externos que contribuem para o esgotamento (cultura no local de trabalho, falta de apoio da gestão, cargas de trabalho incontroláveis) e abordar os factores de stress com atenção plena e um propósito claro pode transformar a nossa relação com o stress – e colocar o trabalho no seu devido lugar. 

DURMA COMO UM BEBÊ MEU,VEJA COMO AQUI

Para começar, aqui estão algumas ações que você pode realizar para começar a redefinir sua relação com o trabalho.

  1. Defina as questões centrais: você consegue identificar o que causa a sobrecarga? É um problema de capacidade? Você tem mais trabalho do que horas para concluí-lo? É uma questão de habilidade? Existe uma lacuna entre as habilidades que você possui e o que é necessário? 
    DEPENDÊNCIA EMOCIONAL,VEJA AQUI

    É um problema de comunicação? Você é capaz de compartilhar o que está causando estresse? Este é o seu primeiro passo: coletar todos os dados relevantes para saber onde focar as soluções.
  2. Um passo de cada vez: você não chegou ao esgotamento da noite para o dia e o processo para desfazer hábitos levará tempo. Escolha um comportamento agora que você possa começar a mudar conscientemente. Por exemplo, crie horários de início e término claros para o trabalho todos os dias. 
    POR QUE FAZER TERAPIA ONLINE? SAIBA MAIS

    A flexibilidade que a tecnologia e o trabalho remoto oferecem pode ser esmagadora e contribuir para o esgotamento se os limites entre o tempo de trabalho e o tempo livre não estiverem bem estabelecidos.
  3. Faça amizade com seu corpo: como você controla o estresse? Talvez você range os dentes à noite, sente um nó de tensão no pescoço ou tem dificuldade para dormir. Agora pense no que ajuda você a relaxar.
    COMO SALVAR SEU CASAMENTO? AQUI

     Fazer uma caminhada ao ar livre na hora do almoço, fazer uma corrida pós-trabalho, por exemplo. Sintonize-se regularmente com seu corpo para poder reconhecer os primeiros sinais de que o estresse está presente e tome as ações preventivas que você identificou para resolvê-lo antes que ele se sobrecarregue.
    SEU FILHOS OU FILHOS LHE OBEDECE? VEJA AQUI
  4. Compartilhe o que você precisa: O estresse profissional pode ser extremamente isolante; muitas vezes nos retiramos para “lidar” com questões de trabalho por conta própria.
    7 DICAS DE REGULAÇÃO EMOCIONAL,AQUI

     Mas deixar as pessoas em sua vida saberem o que você precisa para se sentir apoiado é essencial para colocar as coisas em perspectiva e gerenciar o estresse. Nenhum de nós pode fazer tudo sozinho. Seus colegas e entes queridos não saberão como ajudar se você não lhes contar como está se sentindo.
    MEDITAÇÃO PLENA CAMINHANDO,AQUI

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *