COMO PRATICAR A ESCUTA AMPÁTICA

Empatia vai além da mera compreensão do conteúdo verbal; é um ato de acolhimento, segurança e reconhecimento.

Empatia vai além da mera compreensão do conteúdo verbal; é um ato de acolhimento, segurança e reconhecimento. Quando praticada, a escuta empática cria um ambiente propício para que os outros se expressem livremente, sem reservas. Este artigo explora as maneiras de demonstrar escuta empática, transformando simples interações em experiências significativas.

VEJA TAMBÉM..A PODEROSA FORÇA DO PERDÃO

Preste Atenção aos Sinais Sutis

Ao praticar a escuta empática, é crucial ir além das palavras ditas. Observe a linguagem corporal, o tom de voz e as mudanças sutis nas expressões faciais. Esses sinais adicionam nuances às mensagens, permitindo uma interpretação mais profunda das emoções e intenções subjacentes.

Veja as Coisas do Ponto de Vista deles

A verdadeira escuta empática envolve a compreensão da perspectiva alheia. Coloque-se no lugar do interlocutor, cultivando um “radar emocional” que capta tanto as palavras quanto os sentimentos não expressos. Lembrar-se de experiências semelhantes em sua própria vida pode enriquecer essa compreensão.
VEJA TAMBÉ…COMO ANDA A ECUCAÇÃO DOS SEUS FILHOS?

“Imagine uma situação em que você já esteve, uma situação semelhante àquela que você está ouvindo”, sugere Nassar. Permita-se sentir como foi estar ali e diga a si mesmo que é isso que a pessoa que você está ouvindo provavelmente também sente.

Esteja Presente no Momento

Evite preocupações sobre respostas ou argumentos enquanto estiver ouvindo. Estar totalmente presente na conversa resulta em diálogos autênticos. Lembre-se de como se sentiu em conversas passadas quando não era ouvido completamente; permaneça presente para evitar tal desconexão.
VEJA MAIS.. COMO VAI O SEU SONO

Reflita sobre o que é Dito

A reflexão é uma ferramenta poderosa na escuta empática. Ao ouvir reflexivamente, reafirmamos o que foi dito, validando as emoções do interlocutor. Expressões como “Então, o que você está dizendo é…” ajudam a refletir, sem formular perguntas ou emitir opiniões imediatas.

Seja Paciente e Respeitoso

Não apresse a outra pessoa; permita que falem no seu próprio ritmo, especialmente ao compartilhar experiências difíceis. A escuta empática não exige concordância; é possível demonstrar empatia sem compartilhar das mesmas opiniões.
VEJA MAIS.. RAIVA,PODEROSA E COMPLEXA

Escuta empática não significa que precisamos concordar, esclarece Latimer. Podemos ouvir e ter empatia sem concordar, pois concordar nem sempre é a coisa mais favorável a fazer.

Ao adotar essas práticas, a escuta empática se torna uma habilidade valiosa, promovendo conexões genuínas e enriquecendo relacionamentos. Afinal, a verdadeira compreensão começa quando nos dispomos a ouvir verdadeiramente.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *