LIDANDO COM ANSIEDADE SOCIAL

Medo e ansiedade são duas das emoções mais comuns no transtorno de ansiedade social. Algumas estratégias simples podem ajudar a aliviar ambos.

Converse com outras pessoas

Falar sobre ansiedade social com um familiar ou amigo de confiança dá à outra pessoa a oportunidade de fornecer o apoio necessário. Se quiser partilhar estes sentimentos com alguém em particular, envie-lhe uma mensagem de texto ou online e convide-a para um encontro e, em seguida, marque um horário para conversar num local tranquilo.

Conheça esse Ebook: Abraçando as mudanças que você precisa

Se a abertura for estressante, pode ser útil anotar alguns pontos-chave para discutir. Compartilhar o impacto dos sintomas de ansiedade social com outras pessoas pode ajudá-las a compreender melhor os efeitos da doença.

Tenha em mente que nem todo mundo conhece os meandros do transtorno de ansiedade social; algumas pessoas podem precisar de ajuda para entender o que é e como pode afetar a vida de uma pessoa.
ANSIEDADE EPÂNICO DE UM MODO QUE VOCÊ ENTEDE E PERDE O MEDO
CONFIRA AQUI

Pratique respiração profunda

A ansiedade social geralmente envolve fortes reações emocionais em situações sociais. Uma maneira de reduzir essas reações de ansiedade é colocar o corpo em um estado de relaxamento. Quando o corpo está relaxado, a respiração é lenta e natural e a mente fica livre de pensamentos negativos, facilitando o prazer de estar com outras pessoas.
leia também: Você supera qualquer transtorno

Em situações que provocam ansiedade, pode ser fácil respirar muito rápido, o que por sua vez piora outros sintomas de ansiedade.

Como praticar a respiração profunda
Conte o número de inspirações e expirações em um minuto (a inspiração e a expiração contam como um).
Você pode gostar de ler.
Descubra o seu propósito e a felicidade

Anote esse número. A pessoa média respira de 10 a 12 respirações por minuto.
Concentre-se no ato de respirar. Inspire pelo nariz e expire pela boca.

Respire fundo pelo diafragma, em vez de respirações superficiais pelo peito. Inspire por 3 segundos e expire por 3 segundos (use um relógio ou relógio com ponteiro de segundos).

Ao expirar, pense em “relaxamento” e libere a tensão nos músculos. Continue respirando dessa maneira por 5 minutos.

Conte novamente as respirações por minuto e veja se a contagem diminuiu.

Pratique esta técnica de respiração várias vezes ao dia quando já estiver relaxado. Pode ser útil começar a se exercitar ao acordar e antes de dormir.

Quando em situações sociais, respire conforme praticado. Com o tempo, essa forma de respirar pode se tornar mais automática.
Sessão de terapia online,ou por vídeo chamada,confira nesse link



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *