A indignação é desencadeada quando alguém sente que foi tratado injustamente, que algo injusto ocorreu ou que sua sensação de bem-estar e status social estão sendo desrespeitados ou ameaçados. Não são as pessoas que nos deixam com raiva, mas sim os nossos pensamentos, interpretações dos eventos e habilidades de enfrentamento e suporte disponíveis que influenciam a raiva.

Embora a raiva seja frequentemente considerada uma emoção prejudicial, pode ser uma resposta emocional saudável quando expressa de maneira assertiva e respeitosa. Às vezes, a raiva pode ser útil, pois pode motivar uma pessoa a tomar medidas positivas para melhorar uma situação ou alcançar seus objetivos.

Não devemos ignorar experiências frequentes de raiva. Explosões de raiva podem causar medo, arrependimento e/ou problemas no trabalho, nos relacionamentos e na saúde, tanto para nós mesmos quanto para os outros. Quando a raiva leva alguém a recorrer à violência, isso pode resultar em ferimentos físicos e até mesmo na perda de vidas. Pessoas que estão com raiva geralmente expressam arrependimento por suas explosões e desejam ter se expressado de maneira diferente.

A raiva é uma emoção comum que pode variar de um leve aborrecimento até uma intensa ira. É desencadeada quando uma pessoa sente que foi injustiçada, que algo injusto aconteceu ou que seu bem-estar e status social estão sendo desrespeitados ou ameaçados. Ninguém pode nos fazer sentir raiva, pois a raiva é influenciada pelos nossos pensamentos, interpretações dos eventos e habilidades de enfrentamento disponíveis.

Embora a raiva seja muitas vezes considerada prejudicial, ela pode ser uma resposta emocional saudável quando expressa de maneira assertiva e respeitosa. Às vezes, a raiva pode ser útil, motivando uma pessoa a agir positivamente para melhorar uma situação ou alcançar seus objetivos.

Não devemos ignorar experiências frequentes de raiva. Explosões de raiva podem causar medo, arrependimento e impactar negativamente o trabalho, relacionamentos e saúde, tanto para nós mesmos quanto para os outros. Quando a raiva leva à violência, podem ocorrer ferimentos físicos e até mesmo perda de vidas. Pessoas que frequentemente experimentam raiva geralmente expressam arrependimento por suas explosões e desejam ter se expressado de maneira diferente.

A raiva problemática é caracterizada por ser frequente, intensa e persistente. Envolve pensamentos, emoções, respostas físicas e comportamentos. Os pensamentos podem ser irracionais ou exagerados, com tendência a culpar os outros e não reconhecer o próprio papel na situação.

As respostas físicas incluem aumento da frequência cardíaca, tensão muscular e sensação de calor, devido à ativação do sistema nervoso simpático. Acredita-se que substâncias químicas cerebrais envolvidas no controle do humor, sono, apetite, aprendizado e memória também desempenhem um papel nas expressões e experiências de raiva, podendo afetar negativamente esses aspectos do comportamento.

A raiva problemática está associada a comportamentos negativos, como agressão e violência, que causam dificuldades pessoais e nos relacionamentos, incluindo violência familiar, no local de trabalho, intimidação e assédio.
Problemas de raiva no trânsito, agressão e uso de substâncias também foram relacionados à raiva problemática.
Quando terminar você pode gostar desse tema:
Você é capaz de superar qualquer transtorno

Se a raiva estiver impactando negativamente sua capacidade de funcionar adequadamente no dia a dia, é recomendável procurar a ajuda de uma ajuda. Isso irá abordar a raiva como uma emoção normal que se tornou disfuncional e prejudicial quando expressa de maneira inadequada.

Esses profissionais são altamente treinados e qualificados para auxiliar pessoas com diversos problemas de saúde mental, incluindo questões relacionadas à raiva, bem como ansiedade, depressão ou uso de substâncias. O terapeuta poderá ajudá-lo a controlar sua raiva por meio de técnicas embasadas nas melhores pesquisas disponíveis.

Saiba mais em Sessão de terapia online www.janiopsicanalista.com


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *